• República Checa

    Praga: a sedutora nata

    Ao percorrer as ruas de Praga ficamos com duas certezas absolutas. A primeira é que havia ali arquitectos dos bons. A segunda é que os pintores não lhes ficavam nada atrás. Munida destas duas características que atraem tanto o turista sofisticado como o inglês da festa de despedida de solteiro (o álcool barato também ajuda), Praga tornou-se num destino incontornável no itinerário de capitais europeias. A primeira vez que calquei as ruas de Praga foi ao sair de um comboio nocturno vindo de Cracóvia, com 18 anos (ó meu deus…) em pleno Interrail. Tinha um roteiro planeado, um mapa na mão com todos os pontos que queria ver marcados e…